Não deixe os change requests nocautearem seu escopo!

Um dos desafios quando se contrata um projeto fechado, é ter certeza que o escopo acordado entre as partes está claro e contém tudo o que o cliente precisa.

Deve haver um esforço, durante a fase de pré-venda, para que as maiores dores e necessidades do cliente estejam mapeadas no escopo original do projeto. Assim, é possível montar um escopo fixo do trabalho e consequente custo e prazo, para que possa ser feita uma proposta considerando um Projeto Fechado.

Dependendo da complexidade do projeto, é esperado que apareçam Change Requests.

No inicio do projeto, quando começamos a detalhar as necessidades do usuário, nos aprofundando no negócio do cliente, Changes Requests podem surgir.

Cada Change Request deve ser analisado em conjunto pelos gerentes do Projeto – Gerente da Empresa Prestadora do Serviço e o Gerente do Cliente. Nesta hora, a proposta assinada deve guiar as decisões do projeto, para que não haja dúvidas se o Change Request solicitado já estava ou não contemplado no escopo original.

Uma vez que tenha chegado à conclusão que o Change Request é válido seus prós e contras devem ser considerados: é uma exigência do negócio ou é um aspecto desejável apenas? há condições e alternativas de implementá-lo utilizando as parametrizações e programas standards? a solicitação pode ser implementado em uma segunda fase do projeto?

Um grande número de Change Requests indica uma falha durante a fase de pré-venda e garantia de stress ao projeto, deixando toda a equipe – cliente e consultoria – desconfortáveis.

Invista em uma boa pré-venda e levantamentos, antes de assinar a proposta. Apresente sua proposta ao cliente, discutindo cada item que será implementado.

Change Resquests não são vilões do projeto, mas sua quantidade deve ser limitada e sua eficácia e necessidade comprovadas.

1301, 2022

Orchestrator

janeiro 13th, 2022|0 Comments

Na nova Release 22, o Orchestrator recebeu 10 novas funcionalidades que irão amplificar o seu poder, entre elas:

#LogicExtensions – Criação de lógicas de negócios “on the glass” sem a necessidade de customizações e pacotes.

#WorkflowStudio – A nova geração da ferramenta de Workflows do JDE aumentará os recursos de modelagem e criação de automação de processos de negócios, ZERO customizações.

Quer saber mais informações de como a release 22 irá transformar o JD Edwards? Entre em contato conosco em https://lnkd.in/ewSwaBp

1301, 2022

Nova versão 22 do JD Edwards EnterpriseOne

janeiro 13th, 2022|0 Comments

Um dos pontos fortes da nova versão 22 do JD Edwards EnterpriseOne diz respeito à automação. A Oracle vem oferecendo cada vez mais soluções para automação de processos que permitem aos seus clientes a redução de tarefas manuais. As opções são inumeras, mas como exemplo, podemos ressaltar o monitoramento de servidores mesmo estando “offline”, simplificação do processo de aplicação de pacotes full e a automação de tarefas antes feitas pelos Administradores do Sistema. Saiba mais em https://lnkd.in/d2B72xPE

#oracle #Release22 #JDEdwards #automacao

1712, 2021

Final de Ano

dezembro 17th, 2021|0 Comments

Atravessamos dois anos nos quais precisamos acelerar o uso da tecnologia. Queremos dividir com você nosso principal aprendizado e nossos votos para fazermos mais um ano diferente em 2022. Juntos!

3011, 2021

Oracle Integration Cloud

novembro 30th, 2021|0 Comments